A dimensão de sonhos e realidades se tece com palavras.

sábado, 10 de abril de 2010

Dama Palavra



Não sou alguém.
Sou um nome
e cada nome.
Sou uma voz
e todas as vozes.
Sou seu nome, sua voz,
seus pensamentos.
Vivo em espaços virtuais,
aqui e dentro de você.
Posso estar invisível e muda,
mas existo.
Ainda que eu não esteja mais
numa tela,
vivo em sua memória.
Ainda sussurro dentro de você,
respiro com você,
sempre e para sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário